Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Mundo Cristão e Novidades

Informações e Novidades sobre o mundo cristão

Mundo Cristão e Novidades

Informações e Novidades sobre o mundo cristão

Revista Cristã - O Perigo das Seitas (Gratuita)

O Perigo das Heresias e dos grupos sectários do Mundo Moderno.

o perigo das seitas.png

 Uma Seita ou “Secta” como está no latim, é um grupo religioso que difere das doutrinas fundamentais da fé cristã encontradas nas escrituras e ensinadas por Jesus e seus Apóstolos. São grupos que em sua maioria se intitulam como os únicos detentores da “verdade” e muitos deles chegam a ter a audácia de dizer que fora deles não há salvação.

Além de exclusivistas, os mais radicais como documentados por apologistas brasileiros, chegam ao ponto de privar seus membros do convívio com seus familiares. Seus métodos são desde o proselitismo à manipulação mental e comportamental.

Nesta Edição, disponibilizaremos alguns artigos sobre o tema, visando nos ajudar a compreender e nos prevenir do engano destes grupos e de suas heresias maléficas.
Boa Leitura.
Graça e Paz

Baixar Gratuitamente - Revista O Perigo das Seitas

A Regeneração Precede a Fé

Um dos momentos mais dramáticos em minha vida, na formação de minha teologia, ocorreu em uma sala de aula de um seminário. Um de meus professores foi ao quadro negro e escreveu estas palavras em letras garrafais:

Regeneração-e1466949422817.jpg

A regeneração precede a fé
 
Aquelas palavras foram um choque para o meu sistema. Eu tinha entrado no seminário crendo que a obra principal do homem para efetivar o novo nascimento era a fé. Eu pensava que nós tínhamos que primeiro crer em Cristo, para então nascermos de novo. Eu uso as palavras "para então" aqui por uma razão. Eu estava pensando em termos de passos que deviam ocorrer em uma certa seqüência. Eu colocava a fé no princípio. A ordem parecia algo mais ou menos assim:
 
"Fé - novo nascimento - justificação."
 
Eu não tinha pensado sobre esse assunto com muito cuidado. Nem tinha atentado cuidadosamente às palavras de Jesus a Nicodemus. Eu presumia que mesmo sendo um pecador, uma pessoa nascida da carne e vivendo na carne, eu ainda tinha uma pequena ilha de justiça, um pequeno depósito de poder espiritual remanescente em minha alma para me capacitar a responder ao Evangelho sozinho. Possivelmente eu tinha sido confundido pelo ensino da Igreja Católica Romana. Roma, e muitos outros ramos do Cristianismo, tem ensinado que a regeneração é graciosa; ela não pode acontecer aparte da ajuda de Deus.
 
Nenhum homem tem o poder para ressuscitar a si mesmo da morte espiritual. A divina assistência é necessária. Esta graça, de acordo com Roma, vem na forma do que é chamado graça preveniente. "Preveniente" significa que ela vem antes de outra coisa. Roma adiciona a esta graça preveniente o requerimento de que devemos "cooperar com ela e assentir diante dela", antes que ela possa atuar em nossos corações.
 
Esta concepção de cooperação é na melhor das hipóteses uma meia verdade. Sim, a fé que exercemos é nossa fé. Deus não crê por nós. Quando eu respondo a Cristo, é a minha resposta, minha fé, minha confiança que está sendo exercida. O assunto, contudo, se aprofunda. A questão ainda permanece: "Eu coopero com a graça de Deus antes de eu nascer de novo, ou a cooperação ocorre depois?" Outro modo de fazer esta pergunta é questionar se a regeneração é monergista ou sinergista. Ela é operativa ou cooperativa? É eficaz ou dependente? Algumas destas palavras são termos teológicos que requerer maior explanação.
 
Monergismo e Sinergismo
 
Uma obra monergística é uma obra produzida por uma única pessoa. O prefixo monosignifica um. A palavra erg refere-se a uma unidade de trabalho. Palavras como energia são construídas com base nessa raiz. Uma obra sinergística é uma que envolve cooperação entre duas ou mais pessoas ou coisas. O prefixo sun significa "juntamente com".
 
Eu faço esta distinção por uma razão. O debate entre Roma e Lutero foi travado sobre este simples ponto. A questão era esta: A regeneração é uma obra monergística de Deus ou uma obra sinergística que requer cooperação entre homem e Deus? Quando meu professor escreveu "A regeneração precede a fé" no quadro negro, ele estava claramente tomando o lado da resposta monergística. Depois de uma pessoa ser regenerada, esta pessoa coopera pelo exercício de sua fé e confiança. Mas o primeiro passo é a obra de Deus e de Deus tão-somente.
 
A razão pela qual não cooperamos com a graça regeneradora antes dela agir sobre nós e em nós é que nós não podemos. Não podemos porque estamos mortos espiritualmente. Não podemos assistir o Espírito Santo na vivificação de nossas almas para a vida espiritual, da mesma forma que Lázaro não podia ajudar Jesus a ressuscitá-lo dos mortos.
 
Quando comecei a lutar com o argumento do Professor, fiquei surpreso ao descobrir que o estranho som de seu ensino não era novidade. Agostinho, Martinho Lutero, João Calvino, Jonathan Edwards, George Whitefield - até o grande teólogo medieval Tomás de Aquino ensinaram esta doutrina. Tomás de Aquino é o Doctor Angelicus da Igreja Católica Romana. Por séculos seu ensino teológico era aceito como dogma oficial pela maioria dos Católicos. Então, ele era a última pessoa que eu esperava sustentar tal visão da regeneração. Todavia Aquino insistiu que a graça regeneradora é uma graça operante, e não uma graça cooperativa. Aquino falou da graça preveniente, mas ele falou de uma graça que vem antes da fé, que é a regeneração.
 
Estes gigantes da história Cristã derivaram a visão deles das Sagradas Escrituras. A frase chave na Carta de Paulo aos Efésios é esta: "estando nós ainda mortos em nossos delitos, nos vivificou juntamente com Cristo (pela graça sois salvos)" (Efésios 2:5). Aqui Paulo localiza o tempo em que a regeneração ocorre. Ela ocorreu "quando estávamos ainda mortos". Com um único raio de revelação apostólica foram esmagadas, total e completamente, todas as tentativas e entregar a iniciativa na regeneração aos homens. Novamente, homens mortos não cooperam com a graça. A menos que a regeneração ocorra primeiro, não há possibilidade de fé.
 
Isso não diz nada de diferente do que Jesus disse a Nicodemus. A menos que um homem nasça de novo primeiro, ele não pode ver ou entrar no reino de Deus. Se nós cremos que a fé precede a regeneração, então nós colocamos nossos pensamentos, e, portanto, nós mesmos, em direta oposição não só aos gigantes da história Cristã, mas também ao ensino de Paulo e do nosso próprio Senhor Jesus Cristo.
 
(do livro, O Mistério do Espírito Santo, Tyndale House, 1990)
 
Meu Comentário:
 
Outras passagens na Bíblia que claramente ensinam que a regeneração precede a fé:
 
1 João 5:1 - "Todo aquele que crê que Jesus é o Cristo, é o nascido de Deus; e todo aquele que ama ao que o gerou, ama também ao que dele é nascido.", João 1:13, Rom 9:16
 
João 6:63,65 "O espírito é o que vivifica, a carne para nada aproveita; as palavras que eu vos tenho dito são espírito e são vida. E continuou: Por isso vos disse que ninguém pode vir a mim, se pelo Pai lhe não for concedido".

 

O Cristão deve se Envolver na Política? (Download Gratuito)

Política é a pauta da Revista Cristão Erudito este mês

capa amostra.jpg

Para responder essa pergunta, devemos primeiro definir o que é “política”. De modo simples, podemos entender política como a relação entre governantes e governados na sociedade. Dito isso, parece-me que o cristão não apenas pode, mas deve envolver-se de algum modo na política, e isso por uma razão muito simples: a Bíblia tem muito a dizer a respeito dessa relação entre governantes e governados.

O que a Bíblia tem a dizer a respeito da política? Primeiro, a Bíblia nos mostra que essa relação entre governantes e governados foi instituída por Deus; isso fica claro, por exemplo, quando Paulo se refere aos magistrados civis como “ministros de Deus”, em Romanos 13. Essa estrutura de governantes e governados, que foi criada por Deus e está impressa na ordem da criação, é ela mesma governada pelo Deus soberano por meio das obras da providência. Em palavras mais simples, Deus é quem constitui e destitui reis sobre as nações; Ele é o Senhor de toda a terra e, em última instância, é Ele quem está providencialmente regendo as nações conforme o decreto de sua vontade soberana.

Baixe a Revista O Cristão e a Política e Veja o artigo Completo.

Segundo, a Bíblia nos mostra que essa estrutura política é também regulada por Deus. A Bíblia não apenas estabelece que Deus rege secretamente a relação entre governantes e governados, mas ela também nos apresenta mandamentos explícitos sobre como os governantes devem agir em relação aos governados, e vice-versa. Podemos dizer, assim, que para além da vontade decretiva de Deus, as relações políticas em uma sociedade devem se sujeitar à vontade revelada de Deus, isto é, às normas de conduta que Ele mesmo estabeleceu em sua santa lei.

Quais são os mandamentos bíblicos que se aplicam à política? São muitas as ordenanças bíblicas que regem a vida política de uma sociedade, mas, provavelmente, a mais importante delas é o quinto mandamento do Decálogo. O quinto mandamento fala explicitamente a respeito da honra que é devida pelos filhos aos pais; mas, na verdade, ele engloba todas as relações humanas – ou, como diz o Catecismo Maior de Westminster (P&R 126), “o alcance geral do quinto mandamento é o cumprimento dos deveres que mutuamente temos uns para com os outros em nossas diversas relações como inferiores, superiores ou iguais”. Isso envolve, certamente, a estrutura política a que nos referimos aqui; as relações entre governantes e governados são biblicamente definidas como relações de autoridade, isto é, relações entre superiores e inferiores. E a Bíblia estabelece quais são os deveres dos governados, inferiores, e quais as obrigações dos governantes, superiores, nessa relação.

Outra questão importante é que a Bíblia expressamente define qual a função do governo civil. Em Romanos 13, Paulo diz que a função do magistrado é “castigar o que pratica o mal”. Quando a Escritura atribui ao governo civil esse papel de administrar a justiça pública (que é um papel eminentemente de justiça criminal), ela também impõe limites à atuação do Estado. Como dizem os cristãos reformados holandeses, a soberania do Estado está adstrita à sua própria esfera de atuação; e, sempre que os governantes querem agigantar o Estado e sufocar as outras esferas da vida social, a Bíblia chama isso de tirania.

Isso tem implicações muito sérias, as quais muitos cristãos em nosso país ignoram. Se Deus instituiu a autoridade civil apenas para a administração da justiça pública, os cristãos não deveriam ser coniventes com um Estado que almeja ser outra coisa. O Estado não é redentor, e os cristãos não deveriam querer usar o Estado para redimir ninguém. Ao mesmo tempo, o Estado não é pai, e os cristãos não deveriam entregar nas mãos do Estado, inadvertidamente, a autoridade paterna. O Estado não é empresa, e os cristãos não deveriam esperar que o Estado fosse um gerador de emprego e renda. O Estado não é instituição de caridade, e os cristãos não deveriam confiar ao Estado a tarefa de prestar assistência aos pobres, aos órfãos e às viúvas. Biblicamente, essas funções pertencem a outras esferas da vida humana, sobretudo à família e à igreja. E, historicamente, as sociedades que mais floresceram foram aquelas que discerniram bem os limites de atuação do governo civil e valorizaram a liberdade individual e a soberania das outras esferas da vida social.

De que maneira os cristãos, como governados, podem se engajar na política em submissão aos mandamentos de Deus para essa esfera da vida humana? Há uma observação importante aqui. Quando dizemos que os cristãos devem se envolver na política, isso não significa necessariamente que todos os cristãos devem estar envolvidos em política partidária. Na verdade, talvez esse seja o último aspecto da atuação política com o qual o cristão deveria se preocupar.

Dito isso, podemos pensar em algumas diretrizes gerais para o engajamento político cristão.

 

Continue Lendo em: O Cristão e a Conciência Política

A Verdade sobre a Teologia da Prosperidade

Teologia da Prosperidade (Edição 2018)

capa teologia da prosperidade.png

Revista trata das falácias e falhas da Teologia da Prosperidade. 

É Claro que não pretendemos sanar todas as questões deste assunto tão complexo, porém podemos sim, apresentar de forma bastante significativa os principais pontos e desvios desta chamada ”teologia”, que na verdade pode ser chamada de (Outro Evangelho), já que distorce consideravelmente a prática e a doutrina cristã.

A Igreja Brasileira está impregnada deste ”Outro Evangelho”, e quando digo isso, não me refiro somente as igrejas ”modernas”, neo-pentecostais e sim a todas as denominações que ainda que de forma sútil tem deixado essas falsas doutrinas e ensinos invadirem seus arraiais.
Que Deus em Cristo nos ajude a viver, crer e andar em sua verdade até o último dia da Igreja na Terra.

Baixar Revista Gratuitamente>>>

Top 05 Filmes Cristãos que você não pode deixar de Assistir

Lista dos 05 melhores Filmes Cristãos da Atualidade

filmes cristãos.jpg

 E Aí Galera, desta vez vamos apresentar um top melhores dos 05 filmes evangélicos que você não pode deixar de assistir.

 

A Grande verdade é que devido a demanda do publico cristão no Brasil e no Mundo, tem crescido imensamente o mercado do Intertenimento no meio gospel, que vai desde a música gospel atual ao cinema e etc...

 

Hoje existem diversas produtoras de filmes especializadas no público evangélico, sem dizer grandes produtoras que passaram a investir com grandes produções neste mercado, como no caso da Sony Pictures, produtora de 02 dos filmes que vamos apresentar aqui.

Vamos deixar de muito papo, e vamos direto ao ponto. Hoje vou apresentar para vocês 05 filmes que não podem faltar em seu currículo.

 

Veja a Lista dos 05 melhores filmes cristãos atuais

Essa Lista foi analizada por nossa equipe, e resolvemos listar aqui, aqueles com alguns requizitos como: mais assistidos no cinema, com temas mais relevantes e claro aqueles que trouxeram maior impacto no público proposto.

 

Eis aí os 05 melhores Filmes Cristãos que você não pode deixar de Assistir

 

1º Deus não está Morto 2

Resenha:

Brooke, uma jovem estudante do ensino médio, entra em conflito com uma professora que tem o hábito fazer citações bíblicas em suas aulas, debatendo sobre a religião. O desentendimento ganha uma grande proporção, e os pais da menina acabam decidindo processar a mestra e a instituição.

Vídeo:

2º Milagres do Paraíso

Resenha:

MILAGRES DO PARAÍSO é baseado na incrível história real da família Beam. Quando Christy (Jennifer Garner) descobre que sua filha de 10 anos de idade Anna (Kylie Rogers) tem uma doença rara e incurável, ela se torna uma defensora feroz de sua cura enquanto procura uma solução. Depois de Anna se envolver em um acidente misterioso e cair de uma altura de cerca de três andares, um milagre se revela na sequência de seu resgate dramático; deixando médicos especialistas perplexos, sua família restaurada e sua comunidade inspirada.

 FILME NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 10 ANOS.

Vídeo:

3º Ressurreição

Resenha:

“Ressurreição” é a épica história bíblica da ressurreição contada pelos olhos de um incrédulo. Clavius (Joseph Fiennes), um poderoso tribuno militar romano, e seu assistente, Lucius (Tom Felton), têm a tarefa de resolver o mistério do que aconteceu com Jesus nas semanas seguintes a crucificação, a fim de refutar os rumores de um Messias ressuscitado e evitar uma revolta em Jerusalém.

Vídeo:

4º Você Acredita?

Resenha:

Uma dúzia de diferentes almas-tudo se movendo em direções diferentes, todos anseio por algo mais . À medida que suas vidas se cruzam de forma inesperada, eles cada estão prestes a descobrir que há poder na Cruz de Cristo ... mesmo se eles não acreditam nele. Ainda. Quando um pastor local está abalada ao núcleo pela fé visível de um velho pregador de esquina, ele é lembrado de que a crença verdadeira sempre requer ação. Sua resposta inflama uma viagem movidos a fé que poderosamente impactos todos que toca de uma forma que só Deus poderia orquestrar. Esta agitação novo filme dos criadores de Not Dead de Deus está nos cinemas agora. Mais do que um filme, é uma pergunta que todos nós devemos responder em nossas vidas: Você acredita?

Vídeo:

5º Quarto de Guerra

Resenha:

Tony e Elizabeth vivem um duelo interminável, até que a senhora Clara, uma nova cliente de Elizabeth, a desafia a guerrear pela sua família. Por meio da oração, ela permite que Deus batalhe por seu lar. Enquanto ela inicia seu quarto de guerra, Tony vivencia lutas internas, confirmando o que diz a senhora Clara, que as vitórias não se conquistam ao acaso.

Vídeo:

Acredito que poderemos acrescentar pelo menos mais 03 grandes filmes gospel que em 2016 foram essenciais na propagação da fé, mais um que acredito (Minha Opinião) não pode deixar de ser assistido é o filme ´´Metanóia`` , um filme brasileiro que realmente vale a pena.

Top 05 Melhores Redes Sociais Cristãs da Internet

05 Melhores Redes Sociais Cristãs na Web

redes sociais evangelicas.jpg

Resolvemos criar aqui no site um ´´top melhores´´ da internet, relacionados ao mundo cristão. E toda semana iremos postar um top 05 melhores sites cristãos que realmente fazem a diferença.

Vamos Iniciar Hoje, apresentando os 05 melhores sites destinados a interação social.

 

Top 05 Melhores Redes Sociais Cristãs da Internet

Segue a Lista abaixo:

 

Veja as 05 Melhores Redes Sociais para Cristãos em nossa opinião.
 

Alkipage

 ALKI PAGE

 

Rede social estrangeira, muito interessante um pouco parecida com o facebook, contém perfil, feeds e diversas outras funcionalidades, também é possível cadastrar sua igreja e divulgá-la para milhares de pessoas.
Existem Também algumas páginas de cantores evangélicos bem interessantes, vale a pena conferir:
 

dna gospel.jpg

 DNA GOSPEL

 
Outra Rede Social com nome estrangeiro, porém ela é do brasil, achamos muito útil para divulgação de opiniões bem parecida com a anterior.
 
esta rede social conta com mais de 10 mil membros segundo a página do site no facebook, vale a pena acessar e criar sua comunidade.
 

facegloria.jpg

 FACE GLÓRIA

 
O Facegloria  é uma rede social fundada pelo empresário Acir dos Santos o (Acir Filló) .
 
e tem como objetivo de levar a palavra de Deus, e promover assuntos de qualidade direcionados aos evangélicos em geral.
esta rede social já conta com mais de 200 mil usuários ativos.
 

ubeblogs

 UBEBLOGS

 
O Ubeblogs é uma rede social direcionada aos blogueiros evangélicos, porém nada impede que outros usuários façam parte da rede.
 
O Site contém espaços para expor idéias, divulgar links e conhecer pessoas cristãs que compartilhem seus gostos e afins.
Vale a pena Conferir.
 

Hizby

 HIZBY

 
A Hizby é uma rede social fundada pelo empresário Júnior Gonçalves, e tem uma proposta interessante de levar a palavra de Deus, e promover assuntos de qualidade direcionados aos evangélicos em geral.
 
esta rede social tem o lema você diferente, que expressa bem o objetivo do site.
 
Conhece outras? nos avise nos comentários.